Fechar Carregando...
 
Fechar
Carregando...
 

Dicas de SaúdeDicas de Saúde

Controlando o diabetes Controlando o diabetes

4.35659
(258 avaliações)
Ver todas as dicas Anterior | Próximo

Você sabia que o diabetes é uma das principais doenças do mundo?

Ela aparece quando há um aumento descontrolado das taxas de açúcar no sangue e é uma das causas de doenças cardiovasculares.

Conheça os dois tipos da doença:

O diabetes tipo 1 surge antes dos 30 anos de idade, quando o corpo não consegue mais produzir insulina (hormônio que reduz o teor de açúcar no sangue).

Por isso, quem tem esse problema precisa repor a insulina para viver.

Jovens com diabetes tipo 1 costumam emagrecer e têm sintomas repentinos, como aumento do apetite, sede e urina.

O diabetes tipo 2
afeta 80% do total de pessoas com a doença e está muito ligada à obesidade. Nesse caso, o organismo não reconhece a insulina e para de produzi-la.

Entre os sintomas estão suor frio, sede, palpitações, cansaço, fome, ganho ou perda de peso repentino, dificuldade na cicatrização, visão embaçada e aumento da urina.

Existe uma dieta controlada para tratar o diabetes, equilibrando o teor de carboidratos (açúcar, massa, álcool), além de remédios. Ambos ajudam a regular a quantidade de açúcar no sangue.

É bom ficar de olhos bem abertos nos carboidratos. Os mais simples (que estão em alimentos como mel, açúcar, frutas, doces, leite e derivados) são os primeiros a entrar na corrente sanguínea.

Os mais complexos (presentes em cereais, massas, pães, mandioca, mandioquinha, cará, grãos, sementes e legumes) são melhores porque levam mais tempo para serem absorvidos, provocando o menor impacto do açúcar no sangue.

Açúcar e mel devem ser substituídos por adoçantes e produtos dietéticos. Bolos e biscoitos doces também não são a melhor pedida. Massas e pães até podem ser consumidos, mas com moderação.

Verduras, frutas, cereais integrais e leguminosas são indicados por causa das fibras, que fazem bem.

Bebida alcoólica, com muita moderação. Entre os diabéticos, só se a doença estiver bem controlada.

É aconselhável fazer de quatro a seis refeições por dia, evitando o jejum prolongado e as mudanças do nível de açúcar no sangue.

Qualquer atividade que faça mexer o corpo é bem-vinda. Ajuda a baixar o nível de açúcar no sangue e deixa os músculos mais sensíveis à insulina.

O que você pode fazer para controlar a glicemia

Procure comer de cinco a seis vezes por dia, em pequenas quantidades.

Inclua alimentos com fibras nos seus pratos, como legumes, verduras, frutas e leguminosas (feijões, lentilha, ervilha, grão de bico e soja).

Evite comer alimentos ricos em gordura saturada, trans e colesterol.

Dose bem as carnes gordurosas, os embutidos e defumados.

Prepare os alimentos com óleos vegetais (soja, milho, girassol, canola, azeite de oliva e margarina), margarina e temperos naturais (cebola, alho, ervas aromáticas, salsinha).

Use menos sal na comida.

Coma menos alimentos com carboidratos (arroz, massas, batata, mandioca, mandioquinha, pães e bolachas), incluindo apenas um tipo por refeição.

Prefira os integrais, que são absorvidos lentamente e evitam o aumento brusco do açúcar no sangue.

Prefira adoçante e doces dietéticos (menos aqueles à base de sacarina e ciclamato, que têm muito sódio).

Evite bebidas alcoólicas.

Beba água, chás, refrescos e suco de fruta diluído ou diet.

Faça exercícios todos os dias.

  • Copie
  • Compartilhe
  • Guarde
  • A dica é boa?
    dê uma nota: 4.4 (258 votes)